Depois do Escola sem Partido, desocupados querem Partido sem Escola

escolapar

CURITIBA – “Temos que desconstruir a tabuada. Um mais um não é dois. Isso é uma herança da educação burguesa!” – declarou o líder dos desocupados, que esqueceu o seu próprio nome.

Os desocupados confirmaram a realização de oficinas durante o movimento: “fizemos um brechó para vender a roupa do corpo” – disse N.B.V., aluna repetente há cinco anos e que não tem medo de mostrar as celulites. Em assembleia com trinta alunos foi decidido que a tabuada deve ser revista no país, assim como as demais leis científicas.

Um parecer da assembleia pede que os partidos políticos não recebam mais filiação de quem frequenta escolas para compensar as escolas que se recusam a virar partidos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s