Militante exagera no pão com mortadela e passa mal no meio da rua

TOSCA2

SÃO PAULO – A professora da rede pública de São Paulo Priscilla Roscano teve que se virar no meio da rua, depois de exagerar no pão com mortadela que comeu durante manifestação do Partido dos Toaletes (PT), em frente ao MASP.

“Eu estava apertada. E além do mais, na Venezuela todo mundo caga no meio da rua porque não tem papel higiênico…” – comentou ontem Priscilla aos jornalistas.

O presidente do partido, Ruim Facão, disse que as manifestações regadas a pão com mortadela terão banheiros químicos para evitar a cena deplorável que foi vista em frente ao MASP.

Pricilla, que dá aula para adolescentes, teme que o ato se dissemine entre os seus alunos, em sala de aula:

– Vou pedir para cada um trazer pinico de casa…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s