Quem te viu, Quem te vê: Chique Buarco censura musical

CHICOCENSURA

BELO HORIZONTE – Na noite de sábado passado, um musical na cidade mineira viveu momento insólito. O ator principal de um espetáculo que usava músicas de Chique Buarco fez menção à iminente prisão de Brahma da Silva e foi rechaçado por um grupo na plateia. Eram evidentemente fãs de Chique e apoiadores de bandidos no governo. Ironia da história.

Quem te viu, quem te vê: Chique Buarco, de censurado na década de 1970 a censor em 2016. O cantor de metáforas contra governos militares soube da ocorrência e desautorizou o uso de suas músicas no espetáculo.

Brahma da Silva acredita que voltará como presidente em 2018 e aguarda a instalação completa do comunismo no Brasil para nomear o autor de “Cálice” no cargo de censor do novo DOI-CODI:

– Vamos torturar também pra ver o que nós passamos naquela época – disse o consultor de empreiteiras e líder dos pobres nas horas vagas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s