Dep Vícius Granel não passa em antidoping e pode ficar fora das olimpíadas

DEPBEBE5

BRASÍLIA – “Fui tomar café com o Lulla, ele me ofereceu um copo e eu tomei” – é o que o deputado federal Vícius Granel tem dito a amigos próximos, segundo algumas fontes no Planalto.

O deputado responde por suposta assinatura sua falsificada durante o processo de cassação do deputado Ednardo Chicuncunha, presidente da Câmara e investigado por supostas manobras financeiras em contas na Suíça.

Vícius é amigo de Chicuncunha e disse que deixa documentos pré-assinados nas gavetas porque muitas vezes está “distante de Brasília”. Há suspeitas de que outra pessoa teria assinado em seu lugar a fim de evitar que o suplente, que é do PT, assumisse o seu posto.

O deputado alega que estava embriagado na hora da assinatura, pois teria recebido um copo de “água” do consultor de empreiteiras Brahma da Silva, durante um café da manhã.

Vícius vai pedir contraprova do antidoping jurídico: “quero continuar nas olimpíadas da impunidade” – declarou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s