Torcida pede a cabeça de ex-técnico da política brasileira

FORCALULA2

SÃO PAULO – “O Brahma não pode perder a cabeça numa hora dessas” – declarou o presidente da torcida curintiana Forca Lula. Entre outros escândalos, o filho de Brahma, o Brahminha, é investigado por ter recebido em torno de R$ 500 mil do Curintia pela prestação de “serviços”.

A Polícia Futebolística (PF) quer saber, afinal, em que posição do campo Brahminha joga. Procurado pela revista Óia Só, advogados do “meu garoto” disseram que seu cliente é versátil:

– Ele joga nas onze posições. Do gol ao meio de campo. É olheiro de futebol, assistente de escritório, faz marketing e ainda promove times de chicotinho queimado. Qual o problema?

Papai Brahma também se encontra enrolado para explicar muitas coisas à polícia, incluindo como faturou 27 milhões em palestras e onde está a gravação das palestras. Ele corre contra o tempo para arranjar álibis:

– Parece que vai tirar o pai da forca… – comentou Gavião Boieno, comentarista da rede globalista de televisão.

Advogados do líder dos pobres já adiantaram a informação de que Brahma guardou os CDs no curral do sítio em Atibaia, mas as vacas comeram tudo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s