Dillma: “Não governo só para o PT. Também tem o PMDB”

DILMABACHELET

CHILE – A presidente Dillma arranjou viagem de última hora ao Chile para escapar à barafunda que se tornou sua vida pública, agravada pela podridão dos esquemas de propina em que o PT se chafurdou.

Também foi um motivo para não comparecer à festa de 36 anos da Facção, que aconteceu ontem no Instituto Brahma (IB), em São Paulo. No evento, o ex-presidente e atual consultor milionário de empreiteiras Louis Ignorácio Brahma da Silva declarou que pode voltar à presidência – caso não seja preso ou precise fugir do país.

O ator Zé Rouanet Abreu esteve presente representando a Facção. A festa varou a madrugada e foi regada a muito pão com mortadela e guaraná tobi. Muitos militantes, entretanto, não compareceram por medo de uma dura da Polícia Federal.

Indagada ontem por jornalistas, no Chile, se estava em conflito com o Partido do Tríplex (PT), Dillma foi enfática:

– Eu não governo só para o PT. Governo também para o PMDB.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s