Oposição já articula impeachment de João Santanás

MARQUETEIROIMPEACH

BRASÍLIA – O presidente não-oficial do Brasil, João Santanás, foi pego com a boca na botija. A nova fase da operação Lava-Jato (Jacaré) rastreou um volume de mais de 7 milhões de dólares pertencentes ao marqueteiro, mas não declarados no país.

Investigadores analisam correspondências da mulher do marqueteiro – onde encontraram linguagem cifrada supostamente para ocultar nomes e fatos. Parlamentares da oposição já falam de impeachment para o marqueteiro. A campanha das eleições de Lulla e Dillma teriam sido feitas com dinheiro sujo cruzado no escândalo da Petrobrás.

Santanás multiplicou seu patrimônio milagrosamente ajudando a eleger presidentes socialistas em vários países da América Latina e a combater o capitalismo opressor imperialista. Agora, aproveita para fazer disto um álibi:

– Meus mais de 100 milhões de dólares eu ganhei nas campanhas fora do país. Por isso, não declarei.

O ex-presidente e atual consultor milionário de empreiteiras amigas Louis Ignorácio Brahma da Sílvia será mais uma vez investigado, pois há suspeitas de que o seu instituto – Instituto Brahma – recebeu mais de 12 milhões da empreiteira amiga Odeiobrecht:

– Já estamos investigando, né? Encontramos correspondência onde está escrito IB. Temos que verificar se não se trata do Instituto Brahma – disse um policial federal de olho puxadinho.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s