Baile de máscaras no STF antecipa carnaval do impeachment

baile

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Fantasmagórico (STF) promoveu baile de máscaras em sessão que beneficiou Dillma, no rito do impeachment. Agora, o Senado terá prerrogativa para desfazer os resultados da Câmara dos Deputados. Reinan Cabelos, que defendeu Collor do impeachment , em 1992, sai fortalecido com a decisão da Corte:

– Estou na lista da Lava-Jato, e daí?

Ao fim do baile, ministros retiraram suas máscaras e mostraram suas verdadeiras faces dando uma forcinha para Dillma e fôlego jurídico até o término do carnaval, quando deverá entrar em pauta o impeachment. O presidente da Câmara, Ednardo Conha, disse que iria ao baile com a máscara de Lulla, mas desistiu na última hora, por medo de ser linchado na rua.

Com o cacife mais valorizado, Reinan deverá repor fios de cabelos que caíram do implante, por causa do embate político travado nos últimos meses.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s