Dillma flagrada em motel do PMDB: “eu vim fazer as unhas”

MOTELPMDB

BRASÍLIA – Em nova fase da Operação Lava-Chato, a Polícia Fenomenal (PF) vasculhou uma casa de tolerância (foto), em Brasília, e encontrou a presidente traindo as bases do PT: “Ela disse que ia fazer as unhas, mas acabou mostrando suas garras” – disse um senador. “PMDB não é um bom partido” – complementou. Deputados tentaram quebrar as janelas do carro presidencial, com vidro blindado, e foram parar na enfermaria do motel.

A PF recolheu material de sex-shop – medidas provisórias, decretos, resoluções, etc. – e vai analisar até que ponto o deputado Ednardo Conha tem dívida no cartório. O japa do bem da PF disse em seu site (Ultraman) que pouco adianta vasculhar a casa dos parlamentares, pois “a essa altura, ninguém é bobo de deixar flagrante em casa”. E lembrou:

– Mas, apreendemos computadores. Vamos investigar se os parlamentares plagiaram sites de pornografia para criarem leis…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s