Vendedores de bicicleta se unem para processar governo pelo uso indevido de “pedaladas”

pedaladas

Mais um trabalho eficiente do marqueteiro João Santanás – responsável direto por Dillma estar onde está. Sabendo de antemão que o escândalo do crime de irresponsabilidade fiscal iria pipocar, ele orientou a presidente para ser vista andando de bicicleta (foto) atuando como propaganda subliminar, manipulando o inconsciente coletivo.

Para quando mais esse crime viesse à tona, a imprensa chapa-branca suavizasse no nome e o chamasse de “pedalada fiscal”. Uma estratégia eufêmica. Deixa de ser “crime” para ser uma simples “pedalada”, coisa boba, um desfalque de 80 bilhões de reais. Referente a 2014, é claro. 2015 são outros quinhentos.

Os vendedores de bicicleta não gostaram do artifício e entrarão com processo contra João Santanás. Devido à expressão, a venda de bicicletas tem caído consideravelmente no país.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s