Alunos do professor Mauro Nazi apoiam sua “metáfora”

noisapoiamosmauro3

O professor Mauro Nazi declarou recentemente que conservadores deveriam ser fuzilados – o que despertou grande indignação do povo brasileiro, que não deseja voltar ao passado e derramar sangue para instituir a doutrina já ultrapassada do comunismo. Porém, diante de protestos e processos abertos, Mauro Nazi veio à imprensa explicar que na verdade ele se utilizou de uma “metáfora”, uma linguagem simbólica.

Essa não é a primeira vez que comunistas usam o artifício para escapar da justiça. Lulla, quando conclamou os “exércitos de Stédile”, e Vagner Freitas (CUT), ao dizer que militantes deveriam defender Dillma com armas nas ruas, também se livraram de ser processados por “incitamento ao crime” argumentando que usavam “metáforas”.

Alunos, porém, receberam com entusiasmo a mensagem do professor e prometem dar apoio à sua metáfora (foto).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s