Filme sobre a vida de Jeane Williz será proibido para menores de quatro

WILLI

O Ministério do Cinema liberou verba de R$ 843 mil para a produção de um documentário sobre a vida do deputado Jeane Williz, que atualmente deputa no Partido da Saliência Orgásmica Libidinal (PSOL). O Filme será proibido para menores de quatro anos de idade.

Outros projetos de documentários sobre a vida extraordinária de militantes e amigos do governo estão na pauta do ministério: Chique Buarco, Zé Disceu, João Pedro Stálin e até da própria presidente Dillma. A produção do filme – “No paredón com Jeane Williz” – pleiteia uma linha de empréstimo complementar:

– Vamos pedir empréstimo no Instituto Lulla.

“No paredón com Jeane Williz” conta a estória de um menino delicado criado com a avó que conseguiu uma ponta em programa de reality globalista e depois virou deputado pop star. Williz descobriu que era socialista desde criancinha:

– Eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s