Papa pede bênção a Fidel

PAPAFIDEL1

Em sua peregrinação pela URSAL (União das Republiquetas Socialistoides da América Latrina), Papa Francisco tem causado sensação. Já ganhou crucifixo com foice e martelo, na Bolívia, e um “cristo no paredón”, em Cuba. Os dissidentes não deram presentes a Francisco porque têm estado muito ocupados cumprindo pena como presos políticos.

Ao passar pela ilha da fantasia comunista, ressuscitou Fidel de uma catacumba e aproveitou a oportunidade para tirar uma dúvida que carregava há décadas: queria saber se houve genocídio de opositores ao regime, nos países da URSAL. Fidel respondeu que sim, “pero sin perder la ternura jamás” – o que deixou Francisco mais tranquilo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s