Feminista com inveja do tênis esfaqueia Pixuleco

PIXUestdireito

A polícia divulga o relatório parcial sobre o esfaqueamento desferido contra o bonecão do Lula, o Pixuleco. Uma estudante de Direito e vinculada ao UJS (União Jacobina de Sapatarias) é a principal suspeita de ter cometido o atentado, já que era a única que se encontrava ao lado do “Pixu”, segurando uma faca e gritando histericamente: “Não vai ter golpe! Não vai ter golpe…!”

Emanuele Esquerdopatello faz faculdade de Direito e milita contra o patriarcado. Sua luta não se limita a passeatas, e somente esse mês já invadiu 15 mictórios públicos, arrancou recipientes de urinar em pé e rabiscou na parede a frase: “Combata o patriarcado mijando sentado!”  Nas horas vagas, marca um lanche com a turma no MacDonald e aproveita pra estudar:

– Estou doida para iniciar ano que vem a disciplina Marx é tudo XIX – confessou sorridente.

Psicólogos da Sociedade Intergalática de Psicologia (SIP) vieram ao Brasil para o estudo do caso. Formados na linha freudiana, eles acreditam que Emanuele foi vítima da “inveja do tênis” – que ocorre quando uma feminista encontra alguém com o tênis maior do que o seu:

– Ela viu o tênis do pixuleco e surtou. Daí o ataque histérico – disse ontem Dr. Latrine, ao Jornal Nescional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s