Collor terá que explicar a frota de Fiats Elba apreendida pela PF

elbacol

Em mais um capítulo de lavação de roupa suja no Congresso, o sujo fará sabatina ao mal-lavado. Ou vice-versa. A PGR revelou mais nomes da lista e pediu reforço de papel A4 e cartucho de tinta para continuar o serviço. O caminhão com o material do almoxarifado chegou ontem a Brasília, após ficar preso no engarrafamento de trânsito, devido ao protesto dos caminhoneiros nas rodovias federais.

A mãe de Janot também estará presente, já que foi citada pelo senador, aos berros, numa sessão da Casa. Advogados de Collor dirão que seu cliente, na verdade, teria gritado “Vá pra Cuba!”, e as pessoas, entendido outra coisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s